CONSULTE NO PORTAL ASCENDI AS PORTAGENS DE QUALQUER AUTOESTRADA NACIONAL

A interoperabilidade dos Portais de pagamento garante maior comodidade ao utilizador.

A Ascendi, em conjunto com os restantes Operadores de Cobrança de portagens nacionais (Via Verde, Vialivre e Portvias), trabalhou num projeto que consiste na interligação dos respetivos portais para pagamento de portagens: Pagamento de Portagens (Via Verde), Paytolls (Via Livre) e Portvias (Globalvia).

O facto de até à data os utilizadores não poderem, através de um único site, consultar todos os registos referentes às taxas de portagem devidas pela circulação nas autoestradas ou pontes nacionais, dificultava em muito todo o processo de pagamento, comprometendo a regularização integral dos valores em falta.

Assim, com o objetivo de resolver e melhorar a experiência do utilizador, foi celebrado um acordo de cooperação por forma a viabilizar a interoperabilidade dos portais de pagamento. Esta iniciativa permite disponibilizar aos utilizadores um sistema de consulta e regularização de portagens integrado, completo, de acesso fácil e seguro.
Face à complexidade técnica associada aos diferentes modelos operacionais de cada entidade, o projeto desenvolve-se em duas fases no que respeita ao serviço prestado ao cliente:
• Fase 1 (Atualmente implementada) – Consulta “única”, em cada portal, da informação relativa às passagens por regularizar em todas as autoestradas ou pontes nacionais (pagamento mantém-se apenas disponível no sítio online de origem)
• Fase 2 (A ser desenvolvida) – Ato de pagamento “único”, em cada portal, das passagens por regularizar em todas as autoestradas ou pontes nacionais

A partir de agora, no Portal de cada operador, os utilizadores podem consultar os seus registos e conferir se existem valores por regularizar. Se existirem valores em dívida, poderão proceder à sua regularização, sendo redirecionados para o portal correspondente.

Trata-se de uma iniciativa essencial rumo à interoperabilidade integral e que se considera poder vir a introduzir melhorias significativas na experiência do utilizador.
Uma vez estabilizada a operacionalização desta primeira Fase, prevê-se iniciar os trabalhos da Fase 2 ainda em junho deste ano.

Cremos garantir, assim, absoluta transparência e consulta dos valores a pagar relativamente à utilização de autoestradas em que a cobrança é exclusivamente eletrónica, melhorando o serviço ao cliente.

Consulte o Portal Ascendi para verificar se tem portagens por pagar na rede nacional.

Salientar que no caso das portagens exclusivamente eletrónicas, as passagens registadas sem dispositivo eletrónico, efetuadas por viaturas de matrícula nacional, podem ser regularizadas ao abrigo do regime de pós-pagamento junto dos CTT, no prazo máximo de 15 dias úteis (saiba como em ctt.pt). Apenas findo este prazo os registos ficam disponíveis nos portais de pagamento.